Campanha Salarial: negociação não avança e Sindserv faz proposta alternativa

Em reunião da Comissão Permanente de Negociação, no Paço Municipal, os membros do Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv) de Mauá rejeitaram, nesta quarta-feira (11), o retrocesso no formato de reposição das perdas no poder de compra dos trabalhadores. A entidade sindical defende a manutenção da correção por abono mensal com data de incorporação ao salário definida e um aumento digno ao auxílio alimentação.

20180411-reuniao-negociacao-campanha-salarial-sindservmaua-foto-por-marcelo-orfao-004

Membros da Administração e do Sindserv integram a comissão de negociação do reajuste salarial dos servidores públicos da Prefeitura. (Foto: Marcelo P. Orfão/Sindserv)

Segundo o presidente do Sindiserv, Jesomar Alves Lobo, a correção pelo índice da inflação não favorece a quem recebe o piso da categoria. “Esse formato de corrigir as perdas do poder de compra pelo índice de inflação não atende mais aos anseios da categoria”, explicou.

“Se for aplicar os 2,86% de inflação sem aplicar o aumento real de 10% que pedimos, o reajuste de quem recebe o piso ficaria em míseros R$39,80, não cobre os R$ 20 de aumento na refeição dos restaurantes e nem os quase R$ 50 de aumento no convênio médico, não vamos aceitar”, argumentou. “Queremos a manutenção do formato de abono mensal com incorporação e com valor justo”, defendeu Lobo.

No ano passado, pesquisa de opinião, realizada pelo Sindserv, revelou que 72,6% dos servidores participantes preferem a reposição por meio de abono mensal, caso o índice de inflação esteja abaixo dos 5%, atualmente está em 2,68%.

ARTE_PESQUISA - 850x505

Alimentação

O Sindicato não aceita uma contraproposta com valor irrisório. A proposta inicial tomou como base estudos desenvolvidos pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) para determinar o valor da cesta básica no estado, que em março fechou em R$ 437,84. O objetivo do Sindserv é fechar a negociação com um valor aproximado.

Negociação

O Sindserv vai apresentar uma proposta alternativa, ainda nesta quarta-feira, e uma nova rodada de negociação está agendada para a próxima segunda-feira (16).

20180411-reuniao-negociacao-campanha-salarial-sindservmaua-foto-por-marcelo-orfao-001

4 comentários sobre “Campanha Salarial: negociação não avança e Sindserv faz proposta alternativa

  1. Poderiam nos informar como andam as negociações? Novas propostas que foram enviadas ao governo, o retorno da administração, enfim, apenas queremos lisura e um reajuste justo que de maneira alguma seria abaixo de R$ 250,00 levando em consideração aumentos em necessidades básicas como gás, gasolina e etc… Além dos aumentos no plano de saúde e restaurante do servidor. Estamos ganhando esse ano no mínimo R$ 150,00 a menos do que no ano passado se levarmos em conta os aumentos supracitados

    Curtir

  2. Por que não estão aprovando meu comentário?
    Vou repetir
    Poderiam nos informar como andam as negociações? Novas propostas que foram enviadas ao governo, o retorno da administração, enfim, apenas queremos lisura e um reajuste justo que de maneira alguma seria abaixo de R$ 250,00 levando em consideração aumentos em necessidades básicas como gás, gasolina e etc… Além dos aumentos no plano de saúde e restaurante do servidor. Estamos ganhando esse ano no mínimo R$ 150,00 a menos do que no ano passado se levarmos em conta os aumentos supracitados
    Democracia…Um ótimo dia!!!

    Curtir

  3. Pingback: Reunião para negociar reajuste é cancelada | SINDSERV MAUÁ - Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos de Mauá

  4. Pingback: Servidores públicos de Mauá buscam apoio político por reajuste salarial | SINDSERV MAUÁ - Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos de Mauá

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.