Campanha Salarial 2017: Sindserv e governo formam comissão permanente de negociação

sindserv-20170308_Reuniao_Sindserv_e_Governo_Comissao_Negociacao_fotos_por_valdeci_L_barros_037

Após reunião entre Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv) de Mauá e governo, realizada nesta quarta-feira (8), no gabinete do prefeito Atila Jacomussi, que prestigiou o ato, foi deliberado que uma comissão permanente de negociação será formada para dar continuidade à Campanha Salarial 2017, além de encaminhar as demandas da categoria nos próximos anos de gestão. A iniciativa deverá ser oficializada por meio de decreto nos próximos dias.

Para o presidente do Sindserv Mauá, Jesomar Alves Lobo, a formação da comissão permanente de negociação, a ser oficializada por decreto, vai esclarecer aos servidores e secretários a quem deverá ser encaminhada questões trabalhistas e de interesse da categoria. “A comissão vai acabar com qualquer especulação e orientar governo e servidores a quem procurar para tratar dos interesses da categoria”, pontuou.

Segundo o secretário de Governo, João Eduardo Gaspar, a comissão vai elevar o nível das discussões com o Sindicato para encaminhar assuntos de interesse dos servidores. “O Sindicato protocolou uma pauta extensa, com uma série de demandas a serem tratadas”, lembrou. “Por isso, a comissão vai centralizar as questões trabalhistas, fazer estudos de impacto financeiro, viabilidade jurídica, entre outros, além de fortalecer a relação com o Sindserv, que é o representante legal dos trabalhadores da Prefeitura”, concluiu.

A comissão permanente de negociação será paritária, composta por oito membros titulares e oito suplentes da administração e do Sindserv. Entre os secretários, farão parte os titulares de Governo, Finanças, Assuntos Jurídicos e Administração e Modernização. O decreto que oficializará a comissão deverá ser publicado nos próximos dias.

Após a publicação do decreto, a comissão será instituída e dará início às reuniões para conclusão da Campanha Salarial 2017, que foi protocolada em janeiro e pede, entre outros itens, abono salarial de R$ 400,00 por mês, além da transformação do auxílio alimentação em valor fechado mensal de mais R$ 400,00. A data base para aplicação dos resultados obtidos nas negociações é dia 30/04.

sindserv-20170308_Reuniao_Sindserv_e_Governo_Comissao_Negociacao_fotos_por_valdeci_L_barros_030

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.