Sindicato cobra da Prefeitura de Mauá proteção a servidores e profissionais da Saúde

Com base nas normas técnicas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Sindicato dos Servidores Públicos de Mauá cobrou da Prefeitura a adoção de medidas e protocolos para garantir a proteção dos servidores e dos profissionais da Saúde. Entre as ações propostas estão a aquisição de EPI´s, disponibilização de álcool em gel, restringir compartilhamento de objetos, entre outras.

Segundo o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, os profissionais da saúde são os que mais sofrem pela exposição. “Mais que todos, esses servidores estão expostos ao contágio do Novo Coronavírus (Covid-19), por isso solicitamos da Prefeitura todas as medidas sugeridas pelas autoridades sanitárias para preservar ao máximo os trabalhadores e suas famílias”, argumentou.

O Sindicato solicitou também o afastamento imediato de 28 servidores da Secretaria da Saúde, com idade superior a 60 anos ou que esteja com a saúde debilitada ou com algum problema crônico. “Esses servidores estão propensos a desenvolver com maior facilidade as complicações de saúde provocadas pelo Coronavírus”, lembrou Jesomar Lobo.

Oficio-35_2020---requer-prevenção-aos-servidores-da-saude-(3)Oficio-35_2020---requer-prevenção-aos-servidores-da-saude-(1)Oficio-35_2020---requer-prevenção-aos-servidores-da-saude-(2)Oficio-Sindserv-38_2020---solicita-dispensa-do-ponto-para-servidores-da-saude

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.