Sindserv de Mauá pede revogação de Decreto que prejudica incorporação do abono salarial para servidores de jornada reduzida

Pegou de surpresa todo o funcionalismo mauaense o Decreto nº 8.423, promulgado nesta quinta-feira (19), pelo prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, e publicado no Diário Oficial no fim da tarde. A decretação reduz o valor correspondente ao abono salarial, instituído pela Lei Municipal nº 5.224/2017, para jornadas semanais inferiores a 40 horas e aplica um critério de proporcionalidade à jornada semanal de trabalho estranho ao texto da legislação. Para anular os impactos negativos, o Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv) solicitou a imediata revogação do documento.

Segundo o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, o Decreto não pode alterar os termos negociados na campanha salarial e nem o texto da Lei. “A Lei fala que deve-se incorporar 75 reais em abril e 75 reais em outubro, enquanto o Decreto determina 50% em abril e 50% em outubro e ainda reduz o valor, qual vale mais: a Lei ou o Decreto?”, pontuou.

“Depois da negociação do ano passado, levamos a proposta do prefeito Atila para assembleia geral, que a aprovou, tornamos tudo público por meio dos veículos institucionais do Sindicato e a imprensa regional noticiou amplamente, em nenhum momento nesses 12 meses a Administração nos chamou para levantar essa questão de tratar da incorporação do abono proporcional à jornada de trabalho”, argumentou Lobo. “Queremos que o prefeito Atila revogue o Decreto para que possamos negociar uma solução para o problema”, concluiu.

Em visita à secretaria de Administração, nesta sexta-feira (20), os diretores do Sindicato conversaram com o secretário André Sicco. “Ele se mostrou sensível à questão e se colocou à disposição para auxiliar na busca por alternativas”, revelou o diretor Carlos Gaeta, o Cacá.

Os servidores com jornada de trabalho de 40 horas não são afetados pelo Decreto.

Decreto não interfere nas negociações deste ano

Os termos do Decreto nº 8.423 discorrem sobre a pauta de negociação do ano passado. Para este ano, a pauta atual ainda está em negociação. O Sindserv vai solicitar uma reunião na próxima semana para receber uma contraproposta.

oficio-a-administracao-sobre-decreto8423

3 comentários sobre “Sindserv de Mauá pede revogação de Decreto que prejudica incorporação do abono salarial para servidores de jornada reduzida

  1. Pingback: Administração sinaliza atender Sindicato por revogação de decreto que escalona abono | SINDSERV MAUÁ - Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos de Mauá

  2. Pingback: Reunião para negociar reajuste é cancelada | SINDSERV MAUÁ - Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos de Mauá

  3. Pingback: Servidores públicos de Mauá buscam apoio político por reajuste salarial | SINDSERV MAUÁ - Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos de Mauá

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.