Ronaldo Pedrosa vai reduzir a máquina em 30% e reavaliar contratos para valorizar trabalhadores da Prefeitura de Mauá

Empresário do setor industrial da cidade, o candidato a prefeito de Mauá Ronaldo Pedrosa (PP) vai aplicar sua visão empreendedora à Prefeitura, caso seja eleito. O progressista propôs enxugar o número de cargos e secretarias em 30% para ampliar os recursos, implantar o plano de carreira e valorizar os trabalhadores da Prefeitura. Durante a reunião, realizada nesta terça-feira (27), na sede do Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv), os participantes fizeram perguntas ao prefeiturável, que ao fim recebeu a carta programática da categoria.

Segundo Pedrosa, a Prefeitura de Mauá é a maior empresa da cidade e precisa ser melhor administrada. “A maior empresa da nossa cidade é a empresa que vocês [servidores] trabalham que é a Prefeitura de Mauá, é uma mega empresa, mas essa empresa tem que ter gestão, essa empresa tem que valorizar, tem que incentivar aquele que é o portal humanitário da cidade, porque nós [Mauá] somos referência, dá para fazer, tá para melhorar, dá pra ampliar”, pontuou. “A nossa proposta é valorizar o funcionário público, investir em um plano de carreira, enxugar a máquina, acabar com cargo fantasma, tem que enxugar em 30%, dá para enxugar, dá para reduzir o número de secretarias para 17, ampliar as UPA’s, dar suporte para os agentes de saúde”, avaliou. “Mauá tem um grande potencial, vamos trabalhar, vamos valorizar a mão de obra do trabalhador da Prefeitura, para que ele possa trabalhar também por amor não só pelo dinheiro”, discorreu.

Entre outras propostas do candidato estão o diálogo com empresários, reanálise dos contratos de terceirização para melhorar e ampliar, atrair empresas para aumentar a arrecadação, dar mais espaço para servidores efetivos na administração pública, entre outras.

Para o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, o prefeito não pode ver o Sindicato como adversário. “Ouça o sindicato, para que a gente ajude você a administrar, porque nós conhecemos cada centímetro da nossa categoria, o termômetro dela, o que ela precisa, o que ela almeja, e muitos deles [prefeitos] veem a gente como adversário, não somos”, ressaltou. “Nós queremos o que é melhor para a nossa categoria, em cima disso você pode ter certeza que nós vamos ligar sempre, para você nos atender”, avisou. “Lógico que na maneira do possível, no limite do município, a gente sabe disso, a gente sabe até que ponto você pode chegar ou não pode chegar, agora, nós temos o direito de pedir e você tem o direito de negar, mas nós vamos pedir, vamos entregar uma pauta com reivindicações e depois você e sua equipe vai dizer o que pode ou o que não pode”, ponderou. Após a sabatina de perguntas ao prefeiturável, o presidente do Sindicato entregou a carta programática e a carta de intenções do Projeto Meu Morar, que visa a construção de moradias populares para servidores públicos municipais.

Leia na íntegra a Carta Programática dos Servidores Públicos de Mauá. Clique aqui.

Confira abaixo a programação para os próximos encontros com os candidatos a prefeito de Mauá:

29/10 – 18h – Juiz João – PSD

03/11 – 18h – Roseni Delmondes – PMN

04/11 – 18h – Vanessa Damo – MDB

05/11 – 18h – Amanda Bispo – UP

06/11 – 18h – Donisete Braga – PDT

09/11 – 18h – Caio Túlio – PCO

10/11 – 18h – Zé Lourencini – PSDB

11/11 – 18h – André Sapanos – PSOL

O candidato Atila Jacomussi não confirmou presença até o momento.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.