Mauro Roman propõe reduzir secretarias, criar sistema de meritocracia e diálogo máximo com servidores

Veterano como policial federal, o candidato a prefeito de Mauá Mauro Roman (PRTB) prometeu que, se eleito, vai implantar na Prefeitura um sistema de pontuação por meritocracia para valorizar servidores públicos com bom desempenho, manter diálogo máximo e acabar com o corporativismo. Em encontro com a categoria, na sede do Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos (Sindserv), nesta segunda-feira (26), o peerretebista apresentou suas propostas e recebeu a Carta Programática e a Carta de Intenções do Projeto Meu Morar.

Segundo Mauro Roman, os servidores e funcionários públicos serão avaliados periodicamente com base na meritocracia. “Nós podemos fazer muito aqui para alavancar a economia de Mauá, alavancando ajuda todo mundo e ajuda o servidores, que é lógico que merece ganhar mais, lógico que merece um plano de carreira, por meritocracia, aqueles que são bandidos fora, tem que ser mandado embora, bandido é cadeia, servidor público tem que ser valorizado por meritocracia”, defendeu.

Outra proposta do candidato é a redução do número de secretarias. “Quero extinguir 11 secretarias, porque acho um absurdo ter 23 secretarias, mas quero criar uma, que está no meu plano de governo, que é a secretaria da terceira idade, voltado para toda a terceira idade, inclusive servidores públicos”, pontuou.

Outro ponto defendido pelo prefeiturável é a limitação do exercício no cargo de corregedor da Guarda Civil Municipal para um mandato de dois anos, conforme legislação. “Existe uma lei federal, que deu o poder de busca pessoal para os guardas municipais, essa lei também colocou que o corregedor da Guarda [Civil] Municipal tem que ser [desempenhado] por mandato de dois anos e só pode ser tirado com fundamentação na lei, para não ser pau mandado do prefeito, está na lei e não é cumprido em Mauá, tem que dar poder ao corregedor para ele não favorecer e não perseguir ninguém”, justificou.

Entre outros assuntos abordados no encontro foram o diálogo com a categoria, a política salarial, propostas para a Saúde e a Educação e a busca por recursos federais por meio do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que é do mesmo partido de Roman.

Ao final do encontro, Roman recebeu a Carta Programática e a Carta de Intenções do Projeto Meu Morar.

Mauro Roman apresentou suas propostas, respondeu às perguntas dos servidores e recebeu a carta programática, em encontro realizado na sede do Sindserv.

Confira abaixo a programação para os próximos encontros com os candidatos a prefeito de Mauá:

27/10 – 18h – Ronaldo Pedrosa – PP

29/10 – 18h – Juiz João – PSD

03/11 – 18h – Roseni Delmondes – PMN

04/11 – 18h – Vanessa Damo – MDB

05/11 – 18h – Amanda Bispo – UP

06/11 – 18h – Donisete Braga – PDT

09/11 – 18h – Caio Túlio – PCO

10/11 – 18h – Zé Lourencini – PSDB

11/11 – 18h – André Sapanos – PSOL

O candidato Atila Jacomussi não confirmou presença até o momento.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.