Sindserv de Mauá apresenta reivindicações de merendeiras ao governo

O Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv) de Mauá apresentou, nesta quinta-feira (30/11), na Secretaria de Governo, a pauta de reivindicações das merendeiras da rede municipal de ensino. Entre os itens prioritários estão a reposição de cargos vagos, participação no recesso escolar e fim ou redução da função de volante. A administração acolheu e sinalizou positivamente ao diálogo em busca de entendimento.

20171130-reuniao-apresentacao-merendeiras-no-governo-foto-por-lucas-miranda-001_610x814

O Sindicato apresentou a comissão de merendeiras na Secretaria de Governo. (Foto: Lucas Miranda)

Segundo o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, o governo municipal respondeu bem aos anseios das merendeiras. “A reunião foi produtiva, a administração tem acolhido muito bem as pautas de reivindicações dos servidores”, avaliou. “Claro que estamos cientes de que estamos no fim do ano e todas as mudanças debatidas serão válidas para os próximos anos, até mesmo em razão do orçamento”, pontuou.

Segundo o secretário de Educação, Fernando Coppola, uma análise de impacto financeiro já foi encomendada para analisar a possibilidade de ampliar o quadro. “Reconhecemos que o quadro de merendeiras é deficitário, já pedi uma análise de impacto [financeiro] e em breve teremos condições de reforçar a rede”, afirmou. Neste ano, a Prefeitura contratou oito novas merendeiras.

Sobre o recesso, Coppola valorizou o trabalho das merendeiras. “No recesso a escola fecha, não tem alunos e por isso não há produção de merenda, podemos fazer como foi feito para os auxiliares de desenvolvimento infantil (ADI), fazer revezamento para atuar nos polos escolares”, explicou.

O secretário de Governo, João Eduardo Gaspar, elogiou a iniciativa do Sindicato e ressaltou o carinho do prefeito Atila Jacomussi pelas merendeiras da cidade. “O prefeito tem um carinho muito grande pelas merendeiras, a mãe dele foi merendeira e o pai também trabalhou nesse seguimento, reconhecemos a importância do papel das merendeiras no processo pedagógico”, valorizou. “Nossa administração é a que mais atendeu às reivindicações trazidas pelo Sindserv, somos a única gestão da região que manteve as contratações de servidores efetivos, mas não dá para resolver todos os problemas em um ano, por isso temos quatro anos para fazer tudo que for possível e o que não for possível vamos explicar o porquê”, argumentou. “Vamos conversar com o Sindicato, no começo do ano que vem teremos um grande encontro com os servidores da Educação e podemos anunciar as possíveis medidas”, prometeu.

Pauta

No dia 1/11, o Sindicato reuniu-se com as merendeiras para elaborar a pauta de reivindicações e eleger a comissão. Foram levantadas as seguintes demandas:

  • – Ampliação do quadro de merendeiras para evitar sobrecarga de trabalho;
  • – Clareza na relação entre as secretarias de Educação e Segurança Alimentar;
  • – Participação no recesso escolar;
  • – Fim da função de merendeira-volante; e
  • – Diferenciação das atribuições de merendeira e cozinheira.
20171130-reuniao-apresentacao-merendeiras-no-governo-foto-por-lucas-miranda-005_610x814

A comissão de merendeiras expôs os itens da pauta de reivindicações elaborada na reunião do dia 01/11. (Foto: Lucas Miranda)

3 comentários sobre “Sindserv de Mauá apresenta reivindicações de merendeiras ao governo

  1. Sou merendeirá da rede a 27 anos hojevestou readaptação pois adquiri 4 hérnia de disco tendinite borsite síndrome do túnel do carpo,estlta foi a minha heranca ,sempre trabalhamos com sobrecarga tambem fui volante e o que ad minhas amigas de trabalho estao reinvidicando e mais que correto ,mas quero pontuar o cargo de cozinheiras que na verdade somos as duas profissões merendeiras e cozinheiras,quero salientar também o nosso plano de carreira que sai gestão e entra gestão e nada acontece,não somos valorizadas pelo nosso serviço. Espero que o sindicato nós ajude pois somos uma categoria esquecida e desvalorizada só se lembra da merende irá a hora que a barriga foi de fome,risco aí colegas vamos a luta.

    Curtir

  2. Pingback: Sindicato questiona restrição de recesso escolar para servidores da Educação | SINDSERV MAUÁ - Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos de Mauá

  3. Pingback: Sindserv de Mauá consulta Segurança Alimentar por recesso escolar a merendeiras | SINDSERV MAUÁ - Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos de Mauá

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.