Prefeitura de Mauá habilita empresa em licitação do convênio médico dos servidores públicos

Em continuidade ao processo de licitação do convênio médico do funcionalismo, a Prefeitura de Mauá habilitou a Pessoal Saúde, nesta terça-feira (26). A empresa apresentou toda a documentação exigida em edital. O Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos (Sindserv) acompanhou o certame como observador.

A licitante primeira colocada, que foi desclassificada do processo por não entregar toda a documentação, tem um prazo de três dias para interpor recurso. Depois disso, a Prefeitura de Mauá terá um período para responder.

A licitante habilitada é a CMI Planos de Assistência Médica, também conhecida como Pessoal Saúde, que possui unidades em Juiz de Fora-MG e Santo André-SP. A empresa possui rede credenciada na cidade de Mauá e na região do ABC.

A etapa seguinte da licitação é a fase de adjudicação, que é o ato em que a Administração declara a vencedora e segue para homologação e assinatura do contrato.

Para o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, a presença da entidade tem contribuído para garantir a celeridade necessária. “O Sindicato acompanha todo o processo como observador e isso é fundamental porque demonstra que essa licitação é importante e que tem muita gente de olho”, avaliou. “O que os servidores querem é uma operadora que atenda adequadamente e que cumpra as obrigações previstas em contrato”, pontuou.

Os servidores municipais arcam com 40% do valor do contrato, enquanto cabe à Prefeitura de Mauá os 60% restantes.

A empresa Pessoal Saúde foi habilitada na licitação do convênio médico dos servidores públicos de Mauá. (Imagem: divulgação)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.