Educadores de Mauá manifestam apoio ao Estatuto do Magistério e Sindserv pede emendas para ampliar direitos

Os vereadores foram surpreendidos na última sessão da Câmara Municipal, nesta terça-feira (19), que recebeu cerca de 300 educadores da rede municipal de ensino para manifestar apoio à aprovação do projeto de reforma do magistério. Os profissionais de educação solicitaram ainda algumas mudanças no projeto. O Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv) de Mauá obteve dos parlamentares o compromisso de apresentar emendas.

IMG_20191119_135624038 - 1209x907

ADI’s e professores lotaram a galeria da Câmara Municipal de Mauá para manifestar apoio à aprovação do novo estatuto do magistério. Alguns professores pediram revisão do projeto. (Foto: Lucas Miranda/Sindserv)

Segundo o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, o projeto ainda precisa ser aperfeiçoado. “Esse estatuto é fruto de três anos reuniões dos professores na sede do Sindicato e de negociações com a Secretaria de Educação, avançamos em alguns pontos, mas há outros que precisam ser melhorados e é isso que pedimos aos vereadores”, explicou. “Eles [os vereadores] interromperam a sessão para conversar com os servidores e nos explicaram dos prazos regimentais, nessa quarta-feira (20), que é feriado, um funcionário recebeu nossas 11 propostas de emendas”, pontuou.

Se aprovado, o novo Estatuto do Magistério e do Quadro de Apoio ao Magistério vai reservar um terço da jornada semanal dos professores para capacitação continuada, além de corrigir distorções na licença-prêmio, na tabela de vencimentos, redução da jornada dos auxiliares, entre outros pontos.

IMG_20191119_172549580 - 978x550

Após reunião com os vereadores, o Sindicato convidou aos professores presentes para se reunirem na sede da entidade para formular emendas ao projeto. A secretária de Educação, Scarlett Angelotti, compareceu para tirar as dúvidas. (Foto: Lucas Miranda/Sindserv)

Após a sessão de terça-feira, o Sindicato reuniu os professores para elaborar algumas emendas ao projeto. A secretária de Educação, Scarlett Angelotti, estave presente e tirou as dúvidas sobre a proposta.

Na quarta-feira (20), o Sindserv entregou à Câmara Municipal 11 propostas de emendas ao projeto para garantir a valorização dos professores.

Entre os pontos apresentados está a reserva de 80% das vagas dos cargos de gestão para concurso de acesso, a adesão facultativa à jornada de 30 horas semanais, a manutenção das jornadas atuais, ampliação dos direitos aos professores readaptados, redução do intervalo para evolução funcional, atribuição com respeito à pontuação dos docentes, fim do limite para faltas médicas, fim da relação hierárquica entre integrantes com mesmo grau de escolaridade, entre outros pontos.

IMG_20191119_135632565 - 1209x907

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.