Sindserv convida servidores para entrevistar candidatos a prefeito

O Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos (Sindserv) convidou a todos os candidatos a prefeito de Mauá para participar de um encontro com os trabalhadores e receber uma carta programática com propostas para a categoria. Os encontros ocorrerão entre os dias 21 e 30 deste mês. Os eventos serão abertos apenas para servidores e funcionários da Prefeitura, Câmara e autarquias municipais. Para participar basta apresentar o crachá ou holerite na entrada.

Para o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, essa é uma oportunidade para apresentar aos candidatos as reivindicações da categoria. “Quem vencer essa eleição vai ter que administrar a cidade com os servidores e para isso é preciso conhecer o que precisa ser feito para melhorar e garantir o atendimento à população”, pontuou. “Vamos abrir os encontros para os servidores e para a diretoria do Sindicato, vamos entregar uma carta programática com propostas de melhorias na administração pública e que são reivindicações da categoria”, explicou.

Ao todo são 13 candidatos a prefeito de Mauá, de acordo com dados do Tribunal Superior eleitoral. Foram enviados convites para todos e o Sindserv aguarda retorno.

Para participar, os servidores e funcionários públicos deverão apresentar o crachá ou holerite na entrada.

Os encontros ocorrerão na sede do Sindserv, localizada na Rua Santo Dumont, 507. Vila Bocaina.

Em 2016, o Sindserv fez uma ação semelhante e apresentou aos candidatos as reivindicações da categoria.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.