Comunicado: uso do cartão alimentação na rede Assai

O Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos (Sindserv) de Mauá recebeu reclamações de usuários do cartão Brasilcard, que opera o auxílio alimentação, sobre uma possível impossibilidade de utilização na rede Assai devido a ausência de suposta uma nova versão com chip eletrônico.

A entidade sindical acionou a operadora e também destacou diretores para verificar a situação junto a loja de Mauá da rede Assai.

Tanto na visita presencial quanto no contato telefônico, a funcionária do departamento financeiro do Assai de Mauá Glauce relatou que o atendimento a usuários do cartão Brasilcard está operando normalmente mas que lhes foi passada uma orientação sobre a necessidade de verificar um código que deveria constar no verso do cartão. Entretanto, a rede atacadista não soube explicar de onde partiu tal orientação. A operadora Brasilcard nega que tenha outro tipo de cartão com chip ou código no verso, ou que haverá qualquer mudança imediata.

Portanto, o Sindserv comunica e esclarece aos servidores e funcionários usuários do cartão-alimentação Brasilcard:

  1. O atendimento na rede atacadista Assai está operando normalmente, salvo eventuais oscilações de sistema.
  2. Não há outro tipo de cartão, seja com chip ou com código no verso.
  3. Não haverá a curto prazo qualquer modificação na modalidade ou no formato do cartão utilizado pelos servidores.
  4. Caso haja qualquer necessidade de mudança, o Sindserv comunicará antecipadamente aos beneficiários do auxílio-alimentação.

cartao-alimentacao

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.