Mauá retoma negociação com servidores públicos mas permanece inerte

Membros do governo municipal se reuniram com o Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv) de Mauá para retomar as negociações por reajuste salarial à categoria. O encontro, realizado nesta quarta-feira (4), no Paço Municipal, não avançou nas discussões e uma nova reunião foi agendada para a próxima quinta-feira (12). A entidade cobrou celeridade da Prefeitura.

20180704-reuniao-de-negociacao-campanha-salarial-sindserv-maua-foto-por-lucas-miranda-009 - 964x1286

O governo municipal não foi capaz de apresentar números e limitou-se às subjetividades da proposta. (Foto: Lucas Miranda/Sindserv)

Segundo informou o secretário de Administração e Modernização, Paulo Cordeiro, foram trabalhadas três simulações que serão apresentadas após autorização da prefeita em exercício Alaíde Damo, que está em viagem oficial à Brasília.

Desde quando tomou posse, há 50 dias, a prefeita em exercício Alaíde Damo absteve-se de receber o Sindicato e negociar com os servidores.

Na avaliação do presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, a negociação está inerte e precisa avançar. “Estávamos aguardando essa reunião há 42 dias e precisamos cobrar da Administração mais celeridade e responsabilidade para com os trabalhadores da Prefeitura”, pontuou. “A nossa categoria está apreensiva e precisa de um gesto positivo da prefeita, o trabalhador está desmotivado e cansado de desculpas, precisamos resolver essa negociação urgente”, argumentou.

A próxima reunião de negociação está agendada para a próxima quinta-feira (12), no Paço Municipal.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.