Sindserv de Mauá pede reunião com a Secretaria de Educação por mudança na jornada, remoção e atribuição de aulas

O Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv) de Mauá, que representa os professores da rede municipal de ensino, pediu o agendamento de uma reunião na Secretaria Municipal de Educação para tratar da mudança definitiva da jornada de trabalho dos docente, do processo de remoção e da atribuição de aulas para o ano letivo de 2022. A entidade quer pontuar as reivindicações da categoria.

Para o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, os professores devem ser ouvidos pela administração municipal. “Muitos professores nos procuraram com preocupações sobre os processos de mudança de jornada, remoção e atribuição, e o Sindicato é o instrumento correto para levar as justas reivindicações à Secretaria de Educação”, relatou. “Precisamos dialogar para que a organização da rede municipal de ensino seja positiva para todas as partes, sobretudo para os alunos e para os professores”, pontuou.

De acordo com o Estatuto do Magistério, aprovado em 2019, os professores terão até o fim deste ano para optar ou não pela adesão à jornada semanal de 30 horas. Essa etapa é fundamental para os processos de remoção e atribuição de aulas.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.