Meu Morar: Sindserv apresenta projeto ao secretário de Planejamento Urbano de Mauá

Uma comissão composta por representantes do Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos (Sindserv) de Mauá e do Instituto Abaré apresentou a documentação do projeto Meu Morar ao novo secretário de Planejamento Urbano de Mauá, Rômulo Fernandes, na última sexta-feira (15), no Paço Municipal. O objetivo da iniciativa é possibilitar aos servidores públicos a aquisição da casa própria.

Sindserv e Instituto Abaré apresentam documentação do Projeto Meu Morar ao novo secretário de Planejamento Urbano. (Foto: Sindserv/Divulgação)

Segundo o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, o projeto Meu Morar foi bem recebido pela nova gestão. “O secretário Rômulo Fernandes mostrou-se entusiasmado com o projeto e salientou que a atual administração fará o possível para dar celeridade aos trâmites necessários”, relatou.

O projeto Meu Morar é parte integrante da pauta de reivindicações dos servidores públicos para a Campanha Salarial deste ano. “Reforçamos com o secretário que o Meu Morar é um dos itens da pauta da campanha salarial, e será tema de diálogo com o prefeito quando o Sindicato tiver a oportunidade”, explicou. “O valor gasto por muitos servidores com pagamento de aluguéis compromete a renda desses trabalhadores, isso os impede de ter uma condição de vida melhor, com educação, saúde, alimentação, lazer, entre outras atividades familiares”, pontuou.

Entre os documentos apresentados, o Sindserv entregou ao secretário a carta de intenções, elaborada e aprovada em assembleia, entregue também a todos os candidatos a prefeito no período eleitoral, e o projeto técnico do empreendimento elaborado pela equipe de engenheiros e arquitetos do Instituto Abaré. A carta de intenções é um documento que apresenta as motivações e justificativas para apoiar o projeto Meu Morar e assim promover sinergia entre os diferentes atores envolvidos e dar celeridade à construção das cerca de 300 moradias destinadas a servidores públicos municipais e famílias de baixa renda.

Responsável pelo projeto técnico, o engenheiro civil Helton Costa apresenta detalhes técnicos ao secretário Rômulo Fernandes. (Foto: Sindserv/Divulgação)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.