Servidores públicos de Mauá aguardam contraproposta de Alaíde Damo

40387402_2262888133942841_6186986723025616896_o

Foto: Facebook

Os trabalhadores da Prefeitura de Mauá, Câmara Municipal e Sama, representados pelo Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos (Sindserv), aguardam da administração da prefeita Alaíde Damo a oficialização de uma contraproposta aos itens da campanha salarial deste ano. A entidade alimenta a expectativa de um resultado positivo até a próxima quinta-feira (23), quando haverá uma reunião no Paço.

Para o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, os trabalhadores esperam que a prefeita tenha sensibilidade para compreender a necessidade de corrigir os salários. “Estamos há 24 meses sem qualquer correção nos salários, o poder de compra dos servidores públicos caiu cerca de 7%, isso significa que nossos salários encolheram”, pontuou.

Os servidores e funcionários públicos de Mauá reivindicam a reposição das perdas inflacionárias em torno de 7%, aumento real de 5%, abono mensal de R$ 300 com incorporação ao salário definida e a majoração do auxílio alimentação de R$ 390 para R$ 475.

Contexto

Desde maio de 2017, a cidade de Mauá tem sofrido com a instabilidade política e a crise de descontinuidade administrativa. Essa situação impediu a correção anual dos salários (popularmente conhecida como “dissídio”) dos trabalhadores da Prefeitura, Câmara Municipal e Sama. Apesar disso, servidores e funcionários públicos tem garantido a prestação ininterrupta dos serviços e ações à população mauaense.

Sem qualquer reajuste nos salários e com as constantes elevações de preços, tarifas, taxas e impostos, o poder de compra dos trabalhadores do setor público mauaense tem diminuído de forma vultuosa e prejudicado seu sustento familiar.

Perdas

A inflação oficial, medida por meio do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), reduziu o poder de compra dos trabalhadores.

A data-base dos servidores de Mauá é 1º de abril, isso significa que a inflação é medida de abril a março. Ou seja, os funcionários da Prefeitura, Câmara e Sama viram seus salários encolher 2,68% de abril de 2017 a março de 2018 e 4,58% de abril de 2018 a março de 2019, cujo total é de 7,26%.

Etapas-da-campanha-salarial-2019

Acompanhe as etapas da campanha salarial

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.