Professores de Mauá se organizam para lançar carta aberta com apoio do Sindserv

O Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv) de Mauá reuniu os professores da rede municipal de ensino na última quarta-feira (30), na sede da entidade. Os educadores manifestaram descontentamento com a falta de respeito da atual administração e o não cumprimento das promessas. A categoria cogita elaborar uma carta aberta à população.

Os professores apresentaram todo o descontentamento em relação ao não cumprimento das promessas feitas pela administração. “Queremos respostas, mas estão tirando sarro da nossa cara; nos chamaram para prometer e fazer bonito na foto mas não cumpriram”, disse uma das professoras.

WP_20160330_001

A diretora do Sindserv Mauá Maralisa Torres elogiou a participação dos educadores e a perspectiva de fortalecimento desse movimento. “Começamos muito bem, com um grupo grande, representativo de diversas escolas, mas precisamos fortalecer e consolidar esse movimento para pleitear melhorias para a qualidade da educação na nossa cidade”, pontuou.

Um novo encontro está agendado para o próximo dia 13 de abril, às 18 horas, na sede do Sindserv. Os professores apresentarão a redação de uma carta aberta à população para expressar os pontos de desagravo em relação à condução da educação, além da convocação de pais de alunos e professores para possível um ato. Nessa reunião, também estão em pauta a recomposição da comissão do Sindicato e a eleição de representantes das unidades escolares para acompanhar os debates e compartilhar as demandas da categoria.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.