Sindserv conquista aplicação do novo piso salarial para agentes de saúde em Mauá

Em maio, o Congresso Nacional aprovou um novo piso salarial equivalente a dois salários mínimos para agentes de saúde. Desde então o Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos (Sindserv) de Mauá tem dialogado sobre a atualização dos vencimentos com a administração municipal, que na última quinta-feira (7) informou que fará o pagamento ainda neste mês.

Segundo o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias receberão já em julho. “As trabalhadoras e trabalhadores vão receber o valor corrigido e os valores retroativos a maio, que é data da emenda constitucional”, explicou. “Pelo que informaram, a Prefeitura estava aguardando a portaria do Ministério da Saúde para aplicar os novos valores, e agora os trabalhadores terão seus vencimentos reajustados”, relatou.

Diante da pressão de entidades representativas, o Congresso Nacional aprovou a Emenda Constitucional nº 120/22, que eleva o piso salarial de agentes de saúde de todo o Brasil para dois salários mínimos, com valores repassados pelo governo federal. Assim, aos municípios compete apenas repassar esses valores.

Em Mauá, no início de maio, o Sindserv encaminhou ofício à gestão para requerer o novo piso. Em junho, apresentou a reivindicação ao prefeito Marcelo Oliveira. Em julho, o seguimento deverá ser atendido.

Após reunião com o prefeito Marcelo Oliveira, a gestão municipal acolheu às demandas apresentados pelo Sindserv em relação ao novo piso de ACS e ACE. (Foto: Marcelo Orfão/Sindserv Mauá)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.